Tax Free – Você sabe como funciona?

Já ouviu falar do Tax Free ? Para cada nova viagem e cada nova descoberta, nos sentimos realmente tentados a fazer algumas comprinhas não é verdade? Além dos presentes para os entes queridos, quem não ama uma boa pechincha na hora de comprar eletrônicos, importados e cosméticos? Mesmo que o motivo da viagem não seja especificamente fazer compras, é muito difícil resistir a algumas comprinhas.

São inúmeras opções que nos fazem gastar horrores nas viagens ao exterior. Pode ser aquele pequeno chaveiro da Torre Eiffel, camisetas com nome de cidades, bibelos ou mesmo ímãs de geladeira. Compramos mesmo! Isso para mostrar que mesmo o turista mais desapegado acaba trazendo de volta alguns itens a mais. Você consegue imaginar aqueles viajantes que partem na sua viagem focados em aproveitar para fazer compras?

Porém uma coisa que pouca gente sabe é que nas compras feitas no exterior, existem itens e valores que são incluído nos chamado tax free.   

 

O que é o Tax Free?

 

Quando você compra determinados produtos em determinadas lojas, você está pagando uma taxa para o governo do país da compra. Essas lojas são cadastradas para oferecerem o chamado tax free para turistas. O tax free é o que permite um reembolso para não cidadão do imposto genericamente chamado de VAT (Value added tax). No Brasil ele equivale ao IPI, ICMS e ISS.

Na maioria dos países ele representa apenas um único imposto sobre mercadorias e serviços, que varia em nome e valor. Nos países da União Europeia a prática do tax free é mais conhecida e simples. Porém as regras variam muito entre os países. Nos EUA é praticamente inexistente a prática do tax free, sendo permitida apenas nos estados de Oregon e Louisiana. Vale a pena se informar de acordo com cada destinação.

Explicando de uma maneira mais simples o Tax Free é uma forma de recuperar uma parte dos impostos embutidos nos preços durante suas compras no exterior. Em outras palavras: você poderá recuperar uma parte dos euros e dólares gastos durante as suas compras.

Mas antes de você sair por aí passando o cartão de crédito adoidado, é bom saber de algumas coisinhas.

Como funciona o Tax Free?

 

Para alguns é bem difícil entender como funciona o tax free. E se você parar pra pensar, tem lá seu nível de complicação. Por isso escrevi esse artigo pra te auxiliar a aproveitar esse benefício sem quebrar tanto a cabeça. Algumas pessoas acreditam que o mais complicado é pegar de volta o valor a que o viajante tem direito.

Isso acontece porque os critérios para selecionar quais produtos oferecem o tax free, se diferem entre os países participantes. As regras do tax free variam muito, de valor, reembolso e porcentagem. É preciso pesquisar de acordo com seus objetivos de compras para entender como funciona no país pelo qual você está viajando.

Empresas, como a Global Blue e a Premier Tax Free, são as responsáveis por processarem e reembolsarem o trâmite de devolução do imposto. As lojas participantes costumam ter o adesivo dessas empresas ou da palavra Tax Free diretamente na porta ou próximo ao caixa.

Em geral todas as pessoas que não moram na União Europeia tem direito à restituição do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), ou VAT, como é denominado na Europa.

Como a maioria dos imposto, este imposto que são pagos pelos cidadãos europeus, é revertido em benefícios da população do país. Então, como você não reside e portanto não usufrui desses benefícios gerados pela arredação deste imposto, nada mais justo do que você reaver os seus Euros pagos em impostos quanto você viaja na Europa!

 

Como posso solicitar meu reembolso do tax free?

 

Para te explicar na prática,  o reembolso funciona da seguinte maneira: ao adquirir um produto desejado – em uma das lojas participantes – o viajante tem o direito de receber de volta parte do valor pago em impostos. Para isso, no ato da compra, é preciso apresentar o passaporte e é muito importante pedir o formulário do tax free.

Muitos estabelecimentos têm o selo de identificação na vitrine ou no caixa, o que facilita a vida do consumidor. Mas lembre-se que nem toda compra dá direito ao tax free. E também que algumas lojas têm um limite mínimo de gastos para que o processo seja válido. Se informe sempre!

Ao terminar as suas compras, junte todos os formulários preenchidos, notas fiscais e documentos para efetuar a restituição do imposto. Algumas operadoras oferecem a opção de restituição em guichês localizados em shoppings e centros comerciais; Se você quer aproveitar, saiba que é preciso pesquisar os pontos de troca da empresa que você tem formulários.

Mas para mim a maneira mais comum e mais fácil de realizar o processo são os balcões nos aeroportos.

 

Quando eu devo solicitar a minha restituição do Tax free?

 

Normalmente você deve fazer a solicitação nos aeroportos. E para que você não perca seu tempo, pode ser feito no dia do seu retorno ao Brasil, ainda no país da viagem. No entanto esse procedimento deve ser feito antes de despachar as malas, já que muitas vezes será necessário apresentar os produtos referentes às notas fiscais elegíveis para o processo.

Após apresentar os formulários com os devidos documentos para a conferência, você vai receber o carimbo de aprovação. Logo após será solicitado ao viajante os dados do cartão de crédito para devolução do imposto ou, a melhor opção, você poderá retirar o valor em dinheiro em uma casa de câmbio indicada, no próprio aeroporto.

Meu principal conselho é que você chegue cedo!! Como pode demorar um pouco, se antecipar no mínimo 2 horas antes do seu horário de embarque é o que garantirá o sucesso nesta operação! Assim você não corre o risco de perder o voo.

Saiba que a restituição do VAT é um processo que pode ser um pouco chato, complicado mas que vale a pena. Apesar de cada lugar funcionar de um jeito, mas no final o processo é o mesmo. Quem se organiza, no final tem um excelente motivo para comemorar: dinheiro no bolso!

 

Quanto você pode economizar no Tax Free?

 

Pra você que gostou da idéia, deve estar curioso pra quanto você pode economizar aproveitando do Tax Free. Como varia entre empresas e países, vou te dar um exemplo de uma das mais famosas. A Global Blue empresa muito vista na Europa devolve até 15,5% do valor das suas compras. Isso significa, por exemplo, que em uma compra de 500 euros, poderá recupera 62 euros, e assim por diante.

Como eu disse é apenas um exemplo que pode variar de empresa pra empresa e entre os países. Se você pesquisar vai ver o imposto na Itália é de 21% enquanto em Cingapura é apenas de 7%. A diferença do valor vai para uma taxa de administração da empresa que realiza o serviço para você (no exemplo acima, a Global Blue).

No final a economia acaba sendo válida e vai depender de você aproveitar ou não.

 

Vamos recapitular em sete passos para recuperar o Tax free:

 

1) Hora das compras! Se quer aproveitar do tax free, procure lojas que tenham o adesivo do Tax Free na vitrine ou pergunte a um vendedor se eles trabalham com o sistema de Tax Free.

2) Verifique com calma quais são os itens de sua compra que estão cobertos pelo sistema de Tax Free. E é importante ressaltar que o item tem que sair com você do país.

3) Avise ao caixa na hora do pagamento que você deseja restituir o Tax Free. Após passar a mercadoria e, ele irá preencher um formulário com os seus dados e os dados da compra. É super importante que você esteja com o seu passaporte nesse momento.

4) Junte e guarde com seus documentos todos os formulários junto com os recibos de compras.

5) Para facilitar, mantenha os itens do Tax Free juntos em uma mesma mala. Quando você solicitar o reembolso é possível que a alfândega do país possa pedir para ver os itens um por um na sua saída do país.

6) Não esqueça que esse processo leva um tempo, então chegue com antecedência do seu voo no aeroporto. Leve os formulários e a sua mala com os itens do Tax Free na alfândega.  Eles irão verificar tudo (ou não), e então eles irão carimbar seus documentos. Normalmente eles vão te informar como proceder para receber o imposto de volta.

7) No local onde você receberá o imposto do tax free de volta, saiba que são cobradas taxas e o valor devolvido nunca é igual ao solicitado, tendo um desconto de aproximadamente 10% do valor solicitado. Você escolhe se deseja receber em dinheiro ou em crédito no cartão de crédito. Escolha a opção desejada, e pode despachar suas malas e embarcar no seu voo.

 

Lembre-se:

O reembolso é feito sempre no seu último destino de viagem. Se por exemplo, se você vai rodar pela Europa em países como a Bélgica, Holanda, Itália e França e fizer compras nos 4 lugares. Deve ir guardando seus formulários de Tax Free e só no último país antes de voltar ao Brasil, no aeroporto onde vai pegar seu vôo, que você deverá fazer todo esse processo do Tax Free.

 

Você pode ler sobre Como Organizar uma Viagem clicando aqui!

Related Posts

Leave a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Tax Free – Você sabe como funciona?

Download o guia gratis X Fechar